Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
A MULHER QUE ESCREVE


PRAGA

Escrevo de Praga. Última noite por aqui. Amanhã bem cedo vamos tomar um trem com destino a Berlim. No momento, uma e dez da manhã, os termômetros marcam menos 10 graus. Muito frio. Demais. Frio até congelar a aura da gente. Até virmos para cá, eu, AnaCris, Roberto e Fábio, confesso que não imaginava como fosse sentir muito frio, coisas de menos dez graus. Achava tão bonita a ideia da neve, tão romântica! Mas o frio de verdade, este frio seco, com neve farinhenta no chão não tem nada de romântico, não. É algo que vai tomando o corpo da gente, tomando os pés, as mãos, a boca e daí perdemosa capacidade de articular as palavras e ficamos com uma boca estranha, como amortecida...e de repente os pés, apesar das duas ou três meias e apesar da bota forrada para neve, começam a endurecer e doem. Cada passo, uma dor. E de repente as mãos, apesar de duas luvas, amortecem e parecem que vão quebrar. E não há nada que esquente...não adianta andar, tentar correr, bater os pés, as mãos, não adianta falar e nem tentar assoviar...impossível. Só nos resta entrar em algum café que tenha calefação e ficar ali, tomando um capuccino ou um café irlandês, ou uma taça de vinho tinto...até esquentar, até a circulação voltar para pés e mãos e boca. Mas, tirando os menos muitos graus negativos, quero dizer que esta vigaem está sendo DEMAIS!  Minha primeira viagem para fora do país com a AnaCris e com a graça da companhia dos meninos, Roberto e Fábio. O Hotel, uma delícia! Hotel designer, quarto espaçoso, quentinho, com cama incrivelmente gostosa e tudo de muito bom gosto, tudo reformado e no ponto exato de ser ótimo. Nossos dias pelas ruas de Praga foram bem divertidos. Roberto adorou um livrinho que minha amiga Sonia Pedrosa nos emprestou e a cada igreja, palácio ou castelo, ele parava solene na esquina e lia: "igreja ou palácio ou castelo construído em mil e duzentos pelo rei Carlos... que foi destruído e reconstruído em mil e setecentos.... ah, essa é nova!" E nós quatro, nessa esquina, ouvindo o guia Roberto e congelando enquanto decorávamos os capítulos do livrinho da Sonia. "Ah, por ali o rei Carlos passava acenando aos súditos...por aqui o rei Carlos seguia em linha reta para ser adorado pelos súditos...estamos na ponte que foi construída pelo rei Carlos..." E assim, se houve um ou muitos reis Carlos eu não sei dizer mas que foi engraçado imaginar o Carlito andando e acenando aqui e ali, entre rajadas de ventos congelantes, ah isso foi! Neste momento meu amor, AnaCris, dorme...deixou o livro aberto e o abajur ligado...No quarto ao lado Roberto e Fábio dormem em paz, sonhando com o Rei Carlos e sua peruca falsa passando, acenando, dizendo: "Olá,como vai? Olá, olá meu súdito..." E lá fora deve fazer menos de dez graus negativos, a neve se empossa sobre os carros, cai de mansinho...e eu tenho mais a contar só que daqui a pouco o despertador vai tocar e lá vamos nós para nosso último café da manhã em Praga... Então vou dormir mas antes deixo aqui algumas fotos... viagem dos sonhos...

 



Escrito por ANA CARDILHO às 22h50
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]